Vereador envolvido em calote de casas populares, quer investigar Polícias Militares e Guardas Municipais



O vereador Carlos Mariucci(PT) perdeu a oportunidade de ficar calado. Nas redes sociais, esta sendo massacrado  por desejar que o legislativo monte uma Comissão Parlamentar de Inquérito com a finalidade de investigar os procedimentos de policiais militares e da guarda municipal no pré carnaval de Maringá.
A atitude do vereador poderá lhe custar caro; alguns maringaenses acharam a atitude do parlamentar uma piada de mal gosto.
Alguns se recordaram de algumas histórias ém que o parlamentar se envolveu.
O caso do mandato do vereador Luizinho Gari, que na gestão passada, foi ocupado pelo parlamentar durante dois anos e que teve que devolve-lo após o judiciário não reconhece-lo como vereador eleito.
No frigir dos ovos, o então vereador Luiz Gari, foi empossado graças ao reconhecimento do judiciário.
Fora do legislativo,Carlos Mariucci, através de uma cooperativa habitacional, ligada a sindicatos realizou várias inscrições de casas populares e quem se inscreveu e quitou os valores de entrada, não receberam as unidades habitacionais prometidas, levando um calote  e que comprometeu algumas igrejas em Maringá. 
Para ter o respaldo para aplicar o golpe nos desavisados, ele usou a estrutura da igreja para reunir a população carente.
Recentemente, Carlos Mariucci andou reclamando da atitude dos profissionais da imprensa maringaense, que noticiou o calote.
Da tribuna legislativa, chorou igual criança. Na oportunidade disse que fora injustiçado. Os blogueiros de Maringá se colocaram  a disposição para ouvir o parlamentar, mas até o momento não atendeu ninguém.

Compartilhar por Google Plus

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário