Frente da Segurança Pública discute reforma na Previdência dos militares

J. Batista / Câmara dos Deputados
Presidente da República, Jair Bolsonaro, e ministro da Economia, Paulo Guedes, entregam ao presidente da Câmara dos Deputados, dep. Rodrigo Maia, a proposta de reforma da previdência dos militares
Bolsonaro entrega a proposta a Maia: chegada do projeto era condição dos líderes partidários para destravar a análise da reforma da Previdência dos civis na CCJ.
Frente Parlamentar da Segurança Pública reúne-se nesta terça-feira (26) com deputados militares para debater o projeto da nova Previdência dos integrantes das Forças Armadas (PL 1645/19).
O projeto foi entregue pessoalmente pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, no início do mês.
Entre os deputados, a divergência em torno da reforma dos militares já começa no nome. Enquanto o governo chama as mudanças de reestruturação das Forças Armadas sob o argumento de que os militares não têm aposentadoria, mas um sistema de proteção social, outros deputados afirmam que a reforma previdenciária dos militares foi encolhida com aumentos de salários.
A frente, que é coordenada pelo deputado Capitão Augusto (PR-SP), vai se reunir no plenário 12 a partir das 14h30.

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário