Denúncia contra Damares é grave, afirma deputado

O deputado federal Marcon(PT-RS) para a gravidade da denúncia feita pela Revista 
Época contra a ministra Damares Alves,  por sequestro e tráfico de crianças indígenas. 
O deputado federal Marcon (PT-RS) vem alertando e chamando a atenção da sociedade e do governo federal, sobre as denuncias feita pela Revista Época contra a ministra de Direitos Humano, Damares Alves,por sequestro e tráfico de crianças indígenas, é um assunto que merece ser tratado com responsabilidades pelos deputados federais através de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, onde a verdade poderá vir a tona.
Com os esclarecimentos de uma CPI, o país poderá acompanhar os desfechos sobre as  denuncias que evolvem a ministra  que poderão serem confirmadas ou não.
 No caso de serem confirmadas a inocência de Damares Alves, poderá seguir em frente com o trabalho, caso contrário será banida da pasta.
"Denúncia é gravíssima a respeito da atual Ministra dos Direitos Humanos", publicou o parlamentar no Twitter.
A ONG Atini, fundada por Damares, é alvo de ações que tramitam em segredo de Justiça. 
Em 2010, uma indígena de 16 anos teria sido levada grávida pelo tio materno para uma chácara da Atini e registrada como sua filha.

O deputado federal Marcon, fez a publicação no dia 31 de janeiro 2019 e com certeza, deve estar trabalhando para que a ministra compareça ao congresso nacional e possa se explicar.

Compartilhar por Google Plus

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário