Copel mostra experiência de cidade inteligente no Smart City


A Copel marca a participação no Smart City Expo Curitiba trazendo um pouco das cidades inteligentes para dentro da realidade do consumidor. Com um estande que simula as características de uma residência com geração distribuída de energia e apresentando resultados já percebidos com a implantação da primeira cidade 100% inteligente do País, a Companhia antecipa o futuro da energia e mostra os benefícios da integração das redes elétricas e de comunicação das cidades.
“Nós estamos falando das cidades do futuro, cidades inovadoras, com uma integração que vai do acompanhamento do consumo de energia em casa à prestação de serviços por parte dos entes públicos. A eletricidade é parte intrínseca desse processo, e a Copel tem investido significativamente nas smart cities”, disse o presidente da Copel, Daniel Pimentel Slaviero.
O case apresentado pela Companhia durante o congresso do Smart City Expo foi o da cidade de Ipiranga, interior do Paraná. Há um ano, quando da primeira edição do evento, a Copel falava das previsões para o projeto que estava implantando no município: a troca de todos os medidores de energia tradicionais por modelos inteligentes, que permitem automatizar a medição do consumo, além de sistemas de reconfiguração de rede (self healing) e reguladores de tensão automáticos - tudo integrado por sistemas de informação e telecomunicações com potencial para integrar outros serviços no futuro, como microgeração distribuída, tecnologias de armazenamento de energia, iluminação pública inteligente e abastecimento de carros elétricos.
“Hoje, estamos aqui para mostrar os resultados”, disse o diretor de Distribuição da Copel, Maximiliano Orfali. “Já colhemos frutos de benefício direto ao consumidor. As informações de falta de energia, por exemplo, chegam imediatamente à Copel, de forma automatizada e com total confiabilidade. Podemos agir de forma rápida e certeira para o restabelecimento - e tudo isso graças ao fato de que todos os consumidores e equipamentos da rede estão em comunicação direta conosco”, afirmou.
Entre outros benefícios está a medição de consumo, totalmente automática e a distância, e a possibilidade de religar consumidores cortados por inadimplência, por exemplo, em questão de minutos, quando da quitação dos débitos - tempo que era de pelo menos 24 horas. “A nossa rede está se transformando em uma rede de energia integrada a uma rede de comunicação. Observamos a conectividade, prevemos falhas no sistema e o consumidor também acompanha a evolução do seu consumo, dando um parâmetro real do uso da energia”, disse o superintendente de Smart Grid e Projetos Especiais da Copel, Julio Omori.
A Copel está iniciando o mesmo projeto de Ipiranga nas cidades de São José dos Pinhais e Tijucas do Sul. A compra dos medidores já está sendo licitada e a previsão é que comecem a ser instalados ainda no segundo semestre deste ano. “Com estas experiências estamos aprendendo como as novas tecnologias de smart grid  impactam no negócio de distribuição de energia e de que maneira melhoram a experiência do consumidor”, disse o presidente da Copel.
ESTANDE E CARRO ELÉTRICO
Para os visitantes da feira é possível vivenciar um pouco dessa realidade no estande da Copel, que simula o ambiente de uma residência integrada pelas redes.
Com medidores inteligentes e uma estação de recarga de veículos elétricos usada em casas, é possível entender melhor a geração distribuída e a autonomia das residências do futuro.
Outra possibilidade é conhecer bem de perto um carro elétrico, presente no estande para dar uma ideia de como o veículo vai ser parte integrante das nossas casas inteligentes - podendo, por exemplo, armazenar energia ou até mesmo equilibrar melhor as cargas num sistema de geração compartilhada.
A Copel é precursora no fomento à mobilidade elétrica e tem tomado iniciativas de vanguarda neste contexto. “Nós temos um trabalho inovador, de termos implantado a maior eletrovia do país, ligando Paranaguá a Foz do Iguaçu, e com ele vamos ao encontro da iniciativa do governo em fomentar a produção e a utilização dos veículos elétricos”, afirmou o presidente Daniel Slaviero - na mesma ocasião em que o governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou um pacote de medidas para incentivo à mobilidade elétrica, com projetos que preveem isenção de impostos como IPVA e ICMS a estes veículos.
CONTÊINER
Do lado de fora do pavilhão do Expo Barigui a Copel instalou um contêiner onde os visitantes podem emprestar bikes elétricas. Com o teto forrado por painéis solares, a estrutura é autossuficiente, produzindo a energia que consome e que abastece as bicicletas e carros elétricos que estão sendo utilizados no evento.

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário