Câmara entrega Prêmio Brasil Mais Inclusão 2018 nesta quarta-feira (5)


A Câmara dos Deputados entrega, nesta quarta-feira (5), o Prêmio Brasil Mais Inclusão 2018, destinado a empresas, entes federados (União, estados, Distrito Federal e municípios), entidades ou personalidades que tenham realizado ações em prol da inclusão de pessoas com deficiência ou sejam, elas próprias, exemplos de vida e superação.
Os dez vencedores – cinco personalidades e cinco instituições – foram escolhidos por um conselho deliberativo, composto por integrantes da Mesa Diretora, da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e representantes dos partidos políticos.
Neste ano serão agraciados na categoria instituições:
- a Associação Casa Família Rosetta, de Rondônia;
- a Associação de Pais e Amigos do Excepcionais (Apaes) de Pará de Minas, de Minas Gerais;
- a Associação de Pais, Amigos dos Autistas do Amapá;
- a Federação Estadual das Apaes (Feapaes), de Tocantins; e
- a Sociedade Amigos do Deficiente Físico do Rio Grande do Norte.
Na categoria de personalidades serão homenageados:
- Ana Lúcia de Oliveira, de Minas Gerais; 
- Célia Leão, de São Paulo; 
- Débora Araujo Seabra de Moura, do Rio Grande do Norte; 
- Joel Lídio Faustino, de Mato Grosso do Sul; e 
- Maria Helena de Oliveira Lima, do Piauí.
Inclusão na Câmara
A Câmara dos Deputados já vem atuando para promover a inclusão da pessoa com deficiência. Em 2015, foi aprovado o Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/15). Também foram criadas a Comissão Permanente sobre Direitos da Pessoas com Deficiência e a Coordenação de Acessibilidade, esta última com a finalidade de fomentar a acessibilidade no País.
Em 2014, o Plenário da Câmara dos Deputados foi reinaugurado com adaptações para receber pessoas com dificuldades de locomoção. Para o próximo ano, a Casa deve fazer novas readequações nas estruturas físicas e nas tecnologias assistivas já disponíveis para atender ao primeiro deputado cego, eleito neste ano, Felipe Rigoni (PSB-ES).
Além de receber visitas de deficientes visuais diariamente, a Câmara dos Deputados tem, atualmente, dois servidores e um estagiário cegos, além de vários outros funcionários com baixa visão.
Recentemente, a Casa teve três deputados cadeirantes – Walter Tosta, Rosinha da Adefal e Mara Gabrilli (PSDB-SP), que ainda é deputada.
Nos últimos anos, a Câmara tem ampliado a instalação de rampas, elevadores adaptados e triciclos motorizados nas portarias. Além disso, a TV Câmara conta com linguagem de libras e legendas em tempo real, e nos plenários das comissões, a tecnologia assistiva de aro magnético facilita a comunicação dos usuários de aparelhos auditivos.
Share on Google Plus

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário