Ulisses Maia vai recolocar os chuveiros na rodoviária de Maringá

Crédito: Ângelo Rigon


Numa conversa informal com o prefeito de Maringá, Ulisses Maia(PSD) ele garantiu que nesse final de ano, os viajantes que passarem pela rodoviária, pelo menos o direito ao banho para aqueles que ficam até 12 horas esperando um ônibus para fazer conexão para o destino final vai poder tomar um banho e trocar de roupa. 

O serviço foi interrompido no final de fevereiro de 2015, quando o responsável pela gerencia da rodoviária era João Correia de Araújo Neto, o João Cica.

Na época foram retirados mais de vinte chuveiros dos banheiros masculino e feminino, inclusive os destinados aos deficientes físicos. Mas tem alguns que acreditam que foi cortado o serviço por causa dos indígenas que usavam o local para banho.

A desculpa de quem ocupava a administração do complexo rodoviário de Maringá declarou que, a falta de controle sobre a arrecadação do dinheiro cobrado de cada banho (R$ 5,00) que levou ao fim do serviço, normalmente oferecido nas estações rodoviárias da maioria das cidades, portanto, quem usa não deve ser penalizado pelos desvios que ocorreram. 

A administração teria a obrigação de investigar para onde estaria indo o dinheiro e punir o servidor.

Quem autorizou a retirada dos chuveiros foi o responsável pela Secretaria de Recursos Materiais, Abastecimento e Logística (Semat), após solicitação feita a época pelo gerente do terminal, João Correia de Araújo Neto, o João Cica. 

Ele confirmou que fez o procedimento legal e que não havia controle de custos e dos valores pagos a título dos banhos, que eram oferecidos durante as 24 horas do dia. A falta de competência em gerenciar os recursos de entrada, penalizou um grande número de usuário durante todo esse tempo.

Share on Google Plus

About Julio Cesar Take

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário