Secretária e diretores de entidades de educação especial pedem apoio aos vereadores



A secretária Municipal de Educação, Valkíria Trindade, a diretora do Colégio Bilíngue para Surdos, Ana Dalva Arsiê Botion, a diretora da Escola Leo Kanner, Deise Aparecida Curto da Costa, e o presidente da Associação Maringaense dos Autistas (AMA), Francisco Freire, falaram na sessão de hoje sobre as demandas e problemas da educação especial.

A secretária explicou que um decreto do governo tem impedido a contratação de novos professores. Ela esclareceu que tem buscado junto ao governo do Estado, aos senadores e deputados federais uma forma de solucionar o problema. “Gostaria de contar com o apoio da Câmara de Vereadores para buscarmos uma solução.”

As diretoras e o presidente da AMA destacaram que é importante a parceira com o Município e o Estado para a manutenção das escolas. Eles ressaltaram que é fundamental que sejam mantidas escolas específicas para atender às demandas das pessoas com deficiência.

Segundo Freire, o maior desafio é manter o atendimento com qualidade. “A educação especial é importante para o desenvolvimento dessas pessoas. Precisamos fortalecer a participação das entidades na sociedade. Hoje queremos o apoio de todos para manter e ampliar os serviços oferecidos.”

A professora do Colégio Bilíngue para Surdos e mãe de um aluno surdo, Valéria Cristina Camparoto de Souza, falou aos vereadores sobre a importância de uma escola específica para eles. Segundo ela, o desenvolvimento e a interação são muito maiores dentro da escola bilíngue.

Eles responderem a diversos questionamentos dos vereadores sobre o assunto.

 Crédito das fotos - Marquinhos Oliveira/CMM
Share on Google Plus

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário