CPI do Transporte Coletivo estabelece calendário final


A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Transporte Coletivo, instalada pela Câmara Municipal de Maringá, agendou para o dia 26 deste mês a votação interna do relatório. “Caso seja necessária alguma correção, definiremos outra data próxima”, disse, hoje (6), o presidente Alex Chaves (PHS). Na última terça-feira (1º), o plenário aprovou o requerimento de prorrogação do trabalho da CPI por mais 45 dias. Sua instalação ocorreu no dia 09 de agosto.

Até o dia 26, o relator Sidnei Telles (PSD) produzirá o relatório utilizando as observações dos membros da equipe. “Não poderíamos deixar de apurar a afirmação da concessionária que alegou, meses atrás, dificuldade financeira. Mesmo com a retificação feita depois, tínhamos a obrigação de zelar pelo atendimento à população no serviço de transporte coletivo que é essencial”, explicou Telles.

A CPI é composta por Alex Chaves (presidente), Sidnei Telles (relator) e os membros Jean Marques (PV), Onivaldo Barris (PHS) e Altamir Antônio dos Santos (PSD).

A equipe está apurando: 1- as atuais condições econômicas da empresa Transporte Coletivo Cidade Canção (TCCC); 2- o procedimento licitatório, incluindo a composição tarifária inicial, por meio do qual foi concedido o serviço de transporte coletivo à empresa concessionária; 3- cláusulas do contrato firmado entre o município e a empresa concessionária do serviço; 4- composição do valor tarifário e sua relação ao equilíbrio contratual, considerando os eventuais investimentos da empresa; 5- a existência efetiva de razões para uma ruptura do contrato firmado entre as partes em questão.


Assessoria de imprensa
Share on Google Plus

About Julio Cesar Take

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário