Atividades de prevenção ao câncer de mama prosseguem até o fim do mês


Já se passaram mais de 20 dias com atividades para conscientizar, alertar e lembrar as mulheres sobre a importância dos exames preventivos contra câncer de mama e colo de útero. A última ação reuniu cerca de quatro mil pessoas entorno do Parque do Ingá, na caminhada contra o câncer de mama, realizada na manhã do domingo, 21.

A multidão vestida de rosa, entre crianças, adolescentes, adultos, idosos, homens e mulheres, caminhou durante 1h30 com o mesmo objetivo: mobilizar a sociedade para o tema de prevenção e, ao mesmo tempo, mostrar às mulheres em tratamento que elas não estão sozinhas. Antes da caminhada, teve alongamento com educador físico dos Centros Esportivos.

“Prevenção é um ato de amor”, diz a gerente de Pesquisa, Ações Formativas e Eventos, Amanda Mantovani. Para ela, a caminhada foi uma iniciativa válida para atingir aquelas mulheres que ainda não buscaram fazer os exames. Ela considera que os participantes da caminhada ajudaram, de alguma forma, a cuidar da saúde da mulher.

O evento foi desenvolvido pela Secretaria da Mulher (Semulher), com apoio da Secretaria da Saúde, Secretaria de Esportes e Laser (Sesp), Instituto Avon, Rede Feminina de Combate ao Câncer, Viação Garcia, Rádio Maringá FM, Cordiolli Transportes, Liga de Medicina da UEM, Hospital Santa Casa, JC Transporte Guincho e Sancor Seguros.

′Mutirão de Mamografia′ 

Até dia 31 de outubro, a Secretaria de Saúde, segue com a emissão da guia de exames preventivos para mulheres de 50 a 69 anos, sem precisar passar pela Unidade Básica de Saúde (UBS). Mulheres nesta faixa etária podem procurar a sala 4 da sede da secretaria (Avenida Prudente de Morais, 885).

Caso identifiquem nódulos ou sintam dores na região da mama, qualquer mulher pode comparecer na secretaria, independente da faixa etária estabelecida. Após o recebimento da guia, elas são encaminhadas para mamografia no Hospital do Câncer, parceiro da ação. Caso haja diagnóstico positivo, profissionais das UBSs entrarão em contato com a paciente para início de tratamento.

Casos 

24 mulheres morreram de câncer de mama no primeiro semestre deste ano. A faixa etária com mais óbitos é de 60 a 69 anos, com sete casos. Ano passado, foram 43 mortes. Destas, 11 mulheres de 50 a 59 anos e 11 mulheres de 60 a 69 anos. Em 2016, foram 39 casos, sendo 11 com mulheres de 80 anos ou mais .

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o câncer (todos os tipos) é a segunda principal causa de morte no mundo. Cerca de 9,6 milhões de pessoas morreram em 2018. Uma a cada seis mortes são relativas a doença. O câncer de mama, especificamente, contabiliza 2,09 milhões de casos no mundo, com 627 mil mortes neste ano.

Prevenção 

Há diversas formas de prevenção contra ao câncer de mama. Além dos exames, é essencial procurar profissionais de saúde quando perceber qualquer diferença no corpo (na região da mama), fazer o autoexame, praticar atividade física, ter alimentação saudável, não fumar ou consumir álcool.

O autoexame consiste na observação da mulher em seus dois seios, na primeira semana após a menstruação. Existem vários procedimentos para identificar alguma anormalidade. O toque pode ser realizado em pé, deitada, com movimentos nos seios ou nos braços.
Share on Google Plus

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário