Policia Federal desbarata teoria da conspiração contra Jair Bolsonaro

PF desmonta teoria conspiratória sobre o homem que esfaqueou candidato a presidente.


Em três depoimentos do garçom Adélio Oliveira, o homem que esfaqueou Jair Bolsonaro(PSl-RJ), a Polícia federal foi capaz de desmontar a teoria da conspiração, onde os correligionários do candidato a presidente, espalharam pelos quatros cantos que, Adélio de Oliveira, teria recebido dinheiro do Partido dos Trabalhadores em sua conta bancária. O valor encontrado com o esfaqueador, era frutos de uma rescisão trabalhista.

Ele resolveu cometer o crime dois dias antes de Jair Bolsonaro estar na cidade, quando se deparou com um outdoor anunciando que o candidato a presidência iria estar na cidade.

O homem resolveu usar uma faca para o ato criminoso, porque já havia trabalhado como sushimen e num açougue em Curitiba(PR); portanto era hábil com a faca.

A investigação também apontou que o cartão de credito internacional encontrado com Adélio Oliveira nunca foi utilizado e foi emitido automaticamente pelo banco em uma conta salário de uma empresa em que trabalhou.

Share on Google Plus

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário