‘Garagem da Juventude’ premia melhores composições e abre portas para músicos autorais



Com o objetivo de valorizar a criatividade dos jovens maringaenses na arte de compor e tocar música, o Festival Garagem da Juventude, realizado na sexta, 21 e sábado, 22, reuniu 20 grupos de compositores maringaense entre 15 e 29 anos, com músicas autorais concorrendo nas categorias de melhor letra, execução, arranjo, melodia e originalidade. O Teatro Reviver foi palco das apresentações, promovidas pela Prefeitura de Maringá, por meio da Gerência da Juventude.

O banda O Segundo Ato ganhou como a melhor melodia, “A Sétima Casa”. A música fala sobre pensamentos que fazem acreditar em algo que exista apenas contos de fadas, como ‘era uma vez’. Na categoria originalidade, a ganhadora foi a Banda Banzzai, com a música “Pizza Ligeiro”. Já a Banda Pipeline ganhou melhor arranjo com a música “Melhor Assim”. A melhor letra foi a do músico Mari Enciso, com a música “Verão”. E na categoria execução, Lucas e Raeski levaram o prêmio com a música “Parei no Tempo”.

Além da medalha de participação e troféu, foi sorteado entre todos os participantes do evento, um violão doado pela empresa maringaense Playmusic. A ganhadora foi Natália de Oliveira, 8 anos, Natália frequenta aulas de violão, gratuitas, no Centro da Juventude.

VENCEDORES
Melhor Melodia -A Sétima Casa (O Segundo Ato – Lukas Augusto, Amanda Cruz e Lucas Tobias)
Melhor Arranjo - Melhor Assim (Pipeline – Vinão Rodox, Renan Prezoto, Murico CJ e Gabriel Henrique)
Melhor Letra - Verão (Músico Mari Enciso)
Melho Execução - Parei no Tempo (Lucas & Raeski)
Originalidade - Piza Ligeiro (Banda Banzzai)
Share on Google Plus

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário