Oficinas abrem programação do Festival de Bonecos

Resultado de imagem para festival de bonecos
  
  Os espaços culturais de Maringá já são palco das atividades do 8º Festival de Bonecos de Maringá (Festebom). As oficinas de confecção de bonecos tiveram início na semana passada e seguem até terça, 14, antecipando o cronograma de espetáculos entre 15 e 19 deste mês. A programação é totalmente gratuita e descentralizada (confira dias e locais no material em anexo). O festival é promovido pela Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Cultura (Semuc).

    Inserido no calendário oficial do município desde 2009, por meio da Lei nº 8.328, o Festebom reforça a tradição dos bonequeiros a partir de atividades e troca de experiência entre artistas e público geral. Neste ano, o evento homenageia a bonequeira Tadica Veiga, figura expoente no teatro e confecções de bonecos, com 23 anos de experiência na área. 

    Danilo Furlan, bonequeiro e contador de história, promoveu nesta segunda, 13, a oficina "Contando História com Teatro de Sombras", um dos gêneros teatrais de animação apresentados no Festebom. A troca de experiência entre artistas e público é um dos objetivos dos organizadores do festival. "O método utilizado na oficina promove o trabalho com materiais simples, facilmente encontrados. Nosso objetivo é difundir a cultura e prática do teatro de sombras", diz Danilo. 

    Com o auxílio de um retroprojetor, um pedaço de pano e muita imaginação, as oficineiras Suelene Pita e Veronice Valente, responsáveis por ações artísticas na área da educação, deram vida aos personagens feitos de folha de papel. Orientadas por Danilo, ambas confirmaram que a técnica de teatro de sombras já está garantida em futuros planejamentos profissionais.

Espetáculos
    Os espetáculos começam na quarta, 15, e seguem até o domingo, 19. São mais de 20 apresentações culturais, distribuídas entre bibliotecas, teatros e parques do município. Os distritos de Floriano e Iguatemi também serão contemplados. Ao todo, 13 companhias, oriundas de Maringá, São Paulo, Porto Alegre, Curitiba e Londrina, estão envolvidas nas atividades. 

"Contar histórias e dar vida a objetos é uma arte milenar. Uma tradição que precisa ser preservada com o devido respeito. Nos sentimos honrados em poder contar com um festival de tamanha transversalidade e poder de transformação como o Festebom", destaca o secretário de Cultura, Miguel Fernando.

Share on Google Plus

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário