Escolas estaduais de Maringá paralisam nesta quinta-feira


Nesta quinta-feira (30), a APP-Sindicato relembra o ataque brutal aos(às) professores(as) que, em 1988, cobravam correção salarial. 

A violência e covardia do então governo Álvaro Dias e também a barbárie do 29 de abril de 2015, orquestrada pelo ex-governador Beto Richa, serão lembradas em um dia de paralisação. As manifestações ocorrem no estado inteiro, com maior concentração em Curitiba.

Em Maringá, os(as) educadores(as) se reúnem em frente ao Núcleo Regional de Educação, a partir das 9 horas.

Há 30 anos, professores(as) e funcionários(as) fazem do dia 30 de agosto um dia de luto e luta. 

A direção estadual da APP protocolou um ofício com as justificativas do ato, apresentando a pauta de reivindicações, que inclui o pagamento da data-base, a retirada de faltas das greves anteriores, a integralidade da hora-atividade e a revisão salarial dos PSS, entre outros.
Share on Google Plus

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário