Doutor Camargo - Vereadora vai denunciar o prefeito no Ministério Publico

Resultado de imagem para assédio moral no trabalho

A vereadora medebista, Fatima Nocchi disse a algumas pessoas que vai procurar o Ministério Público do Estado do Paraná nessa semana, para denunciar o prefeito por permitir perseguição de funcionários da educação. 

O problema é que a nobre vereadora se omite de suas responsabilidades e quer transferir o caso para o Ministério Público do Paraná, vai ver está com medo do prefeito dar o troco e mandar investigar o uso das diárias que a parlamentar anda fazendo.

Mas a nobre representante do povo deveria usar o expediente do legislativo municipal na próxima terça feira e entrar com requerimento no legislativo, para que seja formada uma Comissão Parlamentar de Inquérito, para apurar o caso de assedio moral e não procurar um outro órgão para resolver um problema em que os vereadores devem dar uma solução e punir a pessoa que age em desacordo com a legislação vigente, permitindo que professores sejam coagidos no seu local de trabalho.

Essa atitude é mais uma ação de uma pessoa que não deseja trabalhar em prol da cidade e nem se incomodar em buscar provas. Acionar o Ministério Público para fazer o trabalho da câmara municipal, que é o de fiscalizar o prefeito e os secretários do município, é comodo, enquanto Fátima Nocchi faz política, para eleger o seu deputado, para desaparecer após o pleito. 

O momento, é de trabalhar com seriedade e não ficar enganando o povo sofrido e pobre de Doutor Camargo, que depositou nas urnas a vontade de mudar.

A Câmara de Vereadores está perdendo a oportunidade de entrar para a história e fazer o papel de um legislativo sério e comprometido com a vontade popular.

Share on Google Plus

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário