Ivatuba – A Presidente da Câmara é atacada covardemente pelo Jornal Tribuna de Paiçandu

Toninha Pelissari, presidente da Câmara Municipal de Ivatuba.

A presidente da Câmara Municipal de Ivatuba, Toninha Pelissari, foi atacada de forma covarde e leviana pelo editor do Jornal Tribuna de Paiçandu.

Segundo a publicação, a atual presidente foi eleita por dois anos, para o cargo de vice-presidente e teria o direito de assumir o cargo no caso de renúncia do titular, num parlamento, não é possível um cargo sem um ocupante.

Com a renúncia do então presidente, Paulo Rafael Dante, Toninha Pelissari foi conduzida ao cargo, já que era a sucessora natural.

A publicação mente quando cita que ouve um pacto, onde o então presidente abriria mão da função em favor da vice-presidente.

Parece que o editor do jornal, delirou ao escrever que a Toninha Pelissari se enfureceu, com a resistência do então presidente em renunciar e que ele não queria assinar a renúncia da presidência do legislativo.

Parece que o jornalista anda ouvindo demais ou então, alguém pregou uma peça num tom de brincadeira juvenil. Por esse motivo, os fatos antes de serem publicados, é necessário apura-los. É isso que diz a regra do bom jornalismo.

Como tem espaço para publicar o que desejar, no seu delírio, o jornalista chapa branca, que só bate em quem não contribui com a sua publicação.

Mas que a busca da verdade passou longe. Ele cita o caso de uma ligação que teria recebido da então vice-presidente, reclamando que Paulo Rafael Dante não desejava renunciar e que se continuasse a frente do legislativo municipal iria ser denunciado ao Ministério Público do Estado do Paraná, porque a câmara municipal estava trancada e sem atendimento.

Segundo Toninha Pelissari, “esse fato nunca aconteceu e somos parceiros no legislativo. Nunca mencionei tal coisa”

A publicação, tenta a todo custo, jogar o assessor jurídico contra a atual presidente quando cita, “eu não confio no advogado e sendo eleita presidente da Câmara Municipal, vou nomear um advogado de minha confiança.”

Como uma pessoa sensata, Toninha Pelissari, nunca proferiu tais palavras contra a figura do advogado do legislativo. “Ele é uma pessoa competente, ética e tenho a total confiança no assessor jurídico da câmara municipal.”

Com toda essa confusão, trazida pela Tribuna de Paiçandu, após a eleição da presidente da Câmara Municipal, só tem um objetivo, de atrapalhar o trabalho sério desenvolvido pelos vereadores do município, na fiscalização dos atos do poder executivo.

A informação é que Toninha Pelissari, nunca disse as palavras publicadas naquele órgão de comunicação e que nunca deu entrevistas para o jornalista Francisco Timbó de Souza.

Jamais foi mencionado o nome do promotor Lafayete Tourinho e que ele é um excelente promotor na qual desempenha o seu trabalho com maestria.

A atitude do jornal Tribuna de Paiçandu, deixou a presidente da Câmara Municipal de Ivatuba, extremamente indignada e ela vai procurar o judiciário para esclarecer os fatos.

Share on Google Plus

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário