Temer reúne 27 governadores hoje para avaliar novas intervenções

quinta-feira, 1 de março de 2018
O presidente espera que ministro e a presidente do STF
participem da reunião.
Logo após dar posse ao novo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, em cerimônia realizada nessa terça-feira (27), o presidente Michel Temer falou com alguns jornalistas e não descartou a chance de decretar novas intervenções federais no país.

Segundo ele, depois de a medida ter sido adotada no Rio de Janeiro, o governo estudará "caso a caso" a situação de outros estados. Por isso, nesta quinta-feira (1º), está agendada uma reunião com governadores, a partir das 11 horas, no Palácio do Planalto.
Para discutir o assunto, ele convocou uma reunião com os 27 representantes das unidades federativas. "Chamei os senhores governadores de estado para fazermos uma reunião na quinta-feira, pontualmente vamos verificando caso a caso", declarou.
Além deles, são esperados ministros, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e parlamentares aliados ao governo, conforme o portal G1.
Ainda de acordo com Temer, possíveis novas intervenções serão de responsabilidade da nova pasta. O presidente ainda afirmou que não será possível "erradicar toda a insegurança do país de um dia para o outro" e pediu o engajamento da sociedade civil no controle da criminalidade.

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Copyright © 2016 todos os direitos reservados a Desenvolvido por Jonas Gonçalves.