Ricardo Maia, o traidor do povo do Paraná

domingo, 25 de fevereiro de 2018


Ulisses Maia e o ex-deputado Estadual Ricardo Maia.

O pré-candidato a governador do estado do Paraná. Osmar Dias (PDT) esta equivocado com os privilégios que tem dado ao ex-deputado traíra Ricardo Maia. 

Como parlamentar foi um péssimo exemplo para o estado e em Maringá, não tem voto pra se tornar vereador, imagina para ser deputado estadual ou federal.  

Maia tem dito a algumas pessoas próximas que tem a intenção de assumir a coordenação da campanha eleitoral de Osmar Dias para governador no estado. Mas o ex-deputado, de forma equivocada, deixa de avisar blogueiro e até pessoas que não faz em parte do seu grupo politico da visita do pré-candidato na região noroeste.

O grande trunfo desse cidadão, é que seu irmão se elegeu prefeito da 3º maior cidade do estado, mas isso, não é privilegio dele e muito menos mérito.  Na campanha para prefeito, Ulisses Maia disse bem claro, que não iria apoiar alguém de sua família para deputado.  O quadro que se desenha, é outro.

O que aconteceu na eleição passada foi que a população desejou mudanças e a maioria escolheu o candidato do PDT, por ser oposição ao grupo liderado pelo ministro Ricardo Barros. 

Após a eleição de Ulisses Maia em Maringá, seu irmão foi chamado para uma conversa em Curitiba com o governador Beto Richa(PSDB) e saiu do gabinete com a nomeação de sua filha para um importante cargo. 

Outro detalhe, Ricardo Maia, quando foi deputado, enganou todo o Paraná e suas ações começarão a aparecer durante o governo de Jaime Lerner. 

Na primeira oportunidade traiu quem confiou o voto no seu nome e mudou de partido, deixando a sigla do PSB para o PSDB. 

Não contente com essa traição, foi um dos responsáveis pela entrega das rodovias para as concessionárias e hoje se tornou um escândalo com o alto custo dos preços cobrados e sendo investigados pelo Ministério Publico Federal  e com as concessionarias sendo denunciadas no Lava Jato.   

DENÚNCIA

Na época a Folha de São Paulo, em matéria veiculada, trouxe com exclusividade, os nomes de envolvidos  num esquema de desvios da prefeitura municipal de Maringá, para financiar as campanhas eleitorais de candidato a governador, senador, deputados federais e estaduais.

O nome de muita gente apareceu e só o ex-secretário Luis Antonio Paolicci foi condenado.

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Copyright © 2016 todos os direitos reservados a Desenvolvido por Jonas Gonçalves.