Procuradoria abre inquérito sobre adoções do lar da Igreja Universal

Templo da Igreja Universal.

Procuradoria Geral da República mandou abrir um inquérito para investigar a atuação do Ministério Público no caso das adoções do lar da IURD.

"Na sequência de notícias vindas a público de que crianças acolhidas num lar da Igreja Universal do Reino de Deus terão sido irregularmente encaminhadas para adoção, a Procuradoria-Geral da República informa [que] foi instaurado um inquérito-crime para investigar os factos ocorridos e o enquadramento jurídico-criminal dos mesmos", informou a entidade em comunicado.
Acrescenta, ainda, que o processo é dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa e "encontra-se em segredo de justiça".
A investigação acontece após uma série de reportagens que a TVI vêm transmitindo em relação a um conjunto de adoções, alegadamente ilegais, supostamente feitas pela IURD. 
No âmbito desta investigação, a Procuradoria considera que a "atuação funcional do Ministério Público [...] não pode deixar de ser objeto de análise", motivo pelo qual "a Procuradora-Geral da República determinou a abertura de um inquérito com vista a averiguar a eventual existência de procedimentos incorretos ou irregulares".
Share on Google Plus

About Agência de Noticia News

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário