Paranavaí - Mulher vai à delegacia registrar furto e é presa pela morte do ex

Um caso no mínimo inusitado aconteceu na madrugada desta sexta-feira (15), na Delegacia de Paranavaí, noroeste do Paraná. Uma mulher chegou ao local para denunciar um furto que havia sofrido, e acabou presa pela morte do ex-namorado.

As informações divulgadas pela Polícia Civil, dão conta de que o policial de plantão encontrou um mandado de prisão em aberto contra ela, expedido no fim de novembro. Ela teria sido condenada pela morte de um ex-namorado com quem teve um filho.
O crime aconteceu no município de Cornélio Procópio, no norte do estado, em novembro de 2013. No autos constam que ela foi até a sapataria onde o ex-namorado trabalhava, jogou tíner no corpo dele e, com uma vela acesa, ateou fogo. O homem chegou a ficar internado, mas morreu no hospital.
A mulher foi condenada pelo júri popular, mas tinha recorrido da decisão e aguardou o julgamento do recurso em liberdade. Nesse tempo, ela se mudou para Paranavaí. A mulher deve cumprir 18 anos de prisão pelo homicídio, segundo a polícia.
Compartilhar por Whatsapp

About Agência de Noticia News

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :

Postar um comentário