Rio Branco/AC – Assessor de deputado não quer foto publicada em blog

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Na audiência de conciliação que aconteceu na tarde de ontem na cidade de Rio Branco/AC, onde o líder indígena Sebastião Haji Manchinery figura como réu, num processo criminal, onde quem deveria estar em seu lugar é o assessor do deputado federal Flaviano Mello, foi ele foi apontado numa operação da Policia Federal nos desvios de recursos da Secretária Especial dos Índios.

Na alegação do assessor do deputado Federal, Sérgio Ricardo, que é ligado ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro, “resolvi ingressar na justiça contra a liderança indígena, por calunia por solidariedade a Sheila Melo e que estamos sendo apontados como integrantes de uma quadrilha na operação Abacaxi e isso tem sido prejudicial a nossa imagem e a divulgação, tem prejudicado a nossa vida familiar e social.”

Ainda de acordo com o índio Sebastião Haji Manchinery o assessor do deputado federal Flaviano Mello saiu ameaçando recorrer à justiça caso sejam publicados fotos e detalhes do processo que move contra ele.

“Agora ele se sente prejudicados, mas quando estavam no DSEI ARP, não estavam preocupados com os pacientes e nem com as famílias de quem quer que seja; até mandaram prender um índio Kaxinawa por uma acusação falsa de estrupo. Então, nós indígenas não temos família e nem sentimento?” – Aponta o índio Manchinery.
                                                                                                                                               


Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Copyright © 2016 todos os direitos reservados a Desenvolvido por Jonas Gonçalves.