Justiça do AM suspende leilão do pré-sal marcado para esta sexta no Rio

sexta-feira, 27 de outubro de 2017
Após liminar ser concedida pela Justiça Federal do Amazonas, o leilão do pré-sal, marcado para esta sexta-feira (27), no Rio de Janeiro, foi suspenso. A decisão é do juiz da 3ª Vara Federal Cível, Ricardo Augusto de Sales, que justificou a determinação alegando risco de prejuízo ao patrimônio público pelo lance inicial, considerado baixo.


Segundo informações, são, no total, 16 petroleiras inscritas para participar da disputa. Seriam ofertados oito blocos na segunda e terceira Rodadas de Partilha de Produção, realizadas quatro anos após a única licitação já feita para exploração do pré-sal. O leilão ocorre após mudanças nas regras do regime de partilha de produção.
Com os lances arrematados, a União arrecadaria R$ 7,75 bilhões, considerou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Já se todos os blocos forem comercializados, o montante seria o dobro do valor obtido com os 37 blocos arrematados na 14ª rodada de licitações.

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Copyright © 2016 todos os direitos reservados a Desenvolvido por Jonas Gonçalves.