CPI do Terminal Intermodal comemora resultado

terça-feira, 11 de abril de 2017
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Terminal Intermodal, criada pela Câmara Municipal de Maringá, comemorou a entrega das correções de projetos pela empresa Borelli & Merigo e a intimação de José Borelli Neto. “Após quase um ano de impasse, temos certeza que a atuação desta CPI foi a responsável por esta conquista”, comentou o presidente Sidnei Telles (PSD) aos demais membros da equipe em reunião nesta tarde (10).
 Durante o encontro, Telles, Jean Marques (relator), Alex Chaves (membro), Do Carmo (membro) e Belino Bravin (membro) ouviram o depoimento de dois ex-servidores da prefeitura de Maringá. Os engenheiros civis Elison Andrew Bozo Liberati e Adriano Toshiharu Passos Okawa citaram os períodos que trabalharam para o município e responderam aos questionamentos dos vereadores sobre a relação de suas tarefas e o conhecimento sobre o projeto do Terminal Intermodal. Ambos afirmaram que suas atividades eram técnicas e, por isso, não assinaram documentos significativos para a obra.
 “Quando cheguei à Secretaria Municipal de Obras a licitação já havia acontecido. Quando deixei o cargo de diretor de projetos da Secretaria de Planejamento a prefeitura tinha enviado o contraditório à empresa que elaborou o projeto do Terminal em função das dúvidas levantadas pela Sial”, explicou Okawa. Por sua vez, Liberati afirmou que, enquanto trabalhou na prefeitura, a metragem do Terminal Intermodal era de 36 mil metros quadrados e não sabia de qualquer modificação em relação a isso ou necessidade de aditivos.
 A próxima reunião da CPI acontecerá dia 17 de abril (segunda-feira), às 14 horas, no Plenário da Câmara.
 A CPI foi criada após a Administração Municipal divulgar a existência de falhas nos projetos do Terminal Intermodal que poderiam resultar na perda de, aproximadamente, R$ 60 milhões destinados à execução da obra caso o cronograma de trabalho não fosse respeitado. Além disso, a CPI destaca o interesse do Terminal Intermodal para a vida pública, ordem econômica e social do município considerando a expectativa de melhoria no sistema de transporte público coletivo de Maringá.



Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Copyright © 2016 todos os direitos reservados a Desenvolvido por Jonas Gonçalves.