Projeto resgata curiosidades históricas de Maringá

quinta-feira, 16 de março de 2017
O caso de amor do maringaense com Balneário Camboriu (SC) não é um fenômeno intensificado a partir dos anos de 1970, como se acreditava até pouco tempo atrás. “Desde a década de 1950 a elite maringaense frequenta a praia”, afirma o historiador João Laércio Lopes Leal, autor de sequência de textos sobre a história de Maringá publicados a partir de hoje no site da prefeitura.

O deslocamento de maringaenses rumo ao litoral catarinense é um dos muitos temas que o historiador aborda na série ′Curiosidades Históricas de Maringá′. “Os textos perseguirão três objetivos: divulgar informações, provocar e instigar pesquisas e divulgar trabalhos de coleta e preservação de documentos históricos”, afirma João Laércio.

“Nada mais oportuno falar da história de Maringá no ano que a cidade completa 70 anos de fundação. Se bem que, pelo menos 11 anos antes do 10 de maio de 1947, já podemos falar de Maringá, em seu estágio primordial”, afirma, referindo-se ao fato que a cidade já existia, primeiro como patrimônio de Londrina, depois de Apucarana. Essa informação introduz outra curiosidade: o primeiro prefeito de Maringá teria sido Willie Davids.

“Esse nome foi apagado da história política de Maringá, pois acostumou-se erroneamente a pensar o tempo histórico válido a partir e 10 de maio de 1949, como se antes disso não tivesse existido nada, ou então seria algo irrelevante. Não se pode mais penar desse jeito. É intolerável desprezar a etapa primitiva de Maringá, já que muita coisa importante ocorreu nesta fase”, afirma ao historiador.

O historiador também destaca, em textos ainda a ser publicados, a importância de organizações como a Companhia Melhoramentos Norte do Paraná (CMNP), responsável pela colonização da cidade e região, e o embate gerado entre a empresa e o município na década de 1950 “tendo como pomo da discórdia a cobrança de impostos territoriais”. Mas João Laércio sublinha a relevância da Prefeitura Municipal, instituição surgida em 1952.

“Desde que surgiu, quando o primeiro prefeito municipal tomou posse, seu poder já se fez notar, por meio de promulgação de leis que afetavam a vida de toda a sociedade, como por exemplo a criação do código de posturas, o lançamento de impostos, taxas e demais tributos municipais, a elaboração do orçamento municipal para 1953, e outras ações legais”, conta o historiador em um dos textos.

A iniciativa faz parte das comemorações dos 70 anos de Maringá, cuja programação está em fase de elaboração pela Secretaria de Cultura.


Saiba mais
Os textos abrigados sob o título genérico de ′Curiosidades Históricas de Maringá′ serão atualizados todas as quartas e podem ser acessados pelo endereço www.maringa.pr.gov.br a partir de banner identificado na capa do site.

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Copyright © 2016 todos os direitos reservados a Desenvolvido por Jonas Gonçalves.