Mobilidade Urbana altera sentido de ruas da avenida Morangueira

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) irá alterar nesta semana o sentido das ruas Antônio Amaral e Francisco Helebland, entre as avenidas Morangueira e Assis Chateaubriand, para que condutores da Morangueira, sentido bairro, possam entrar na Vila Esperança pela rua Vitória, que não poderá ser mais acessada pela Morangueira sentido bairro.

No trecho assinalado, a rua Antônio Amaral terá o sentido bairro Morangueira, e a Francisco Helebland não terá mais mão dupla, apenas o sentido Morangueira bairro.

O secretário de Mobilidade Urbana, Gilberto Purpur, explica que as medidas integram o projeto dos corredores de ônibus, em implementação nas avenidas Morangueira e Kakogawa. “Da melhor forma vamos adotar ações para a segurança de pedestres e condutores na via, entregue totalmente sem sinalização, e que causa grandes transtornos à população”, afirmou Purpur, ressaltando que as intervenções serão realizadas em etapas para amenizar o impacto do projeto aos usuários da via.

Além da alteração de sentido das ruas, a Semob instalou semáforos provisórios (após instalação de placas eletrônicas estarão em funcionamento) nos cruzamentos da Morangueira com as ruas 10 de Maio, São Vicente, Florianópolis e Vitória. A semaforização é provisória até que sejam construídos pontos de ônibus na avenida e instalados semáforos definitivos que contarão com ponto de foco para pedestres.

A Semob também realiza a sinalização horizontal com faixa de pedestres, linhas e outras marcações para organizar o fluxo de veículos e pedestres, além da sinalização vertical, feita com a instalação de placas de regulamentação, indicação e de advertência, e promove ações com agentes de trânsito no local.

Projeto
Os corredores de ônibus ligarão a região norte ao centro e integram programa de reestruturação do sistema de transporte coletivo. As obras do programa foram iniciadas em janeiro de 2016 e a etapa de pavimentação foi concluída e liberada ao trânsito em dezembro do ano passado, sem nenhuma sinalização, o que oferece riscos para quem usa a via.

O programa de reestruturação do sistema de transporte coletivo é financiado pelo Programa de Aceleração de Crescimento (PAC 2) do governo federal, e contará também com a construção do terminal intermodal, no centro da cidade, que vai substituir o atual terminal urbano, e a transformação das praças Megumu Tanaka e Emílio Fajardo Espejo (Kakogawa) e Ouro Preto (Morangueira) em terminais de integração.

Share on Google Plus

About Julio Take

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário