Grafite muda paisagem de escola em Maringá



Artistas de cidades do Paraná e de São Paulo mudaram a cara do Colégio Estadual João de Faria Pioli, em Maringá. Eles substituíram a tinta branca que predominava no muro da instituição por mais mais de 26 pinturas diferentes, feitas com técnicas de grafite. A atividade fez parte da programação do 1º Encontro de Graffiti de Maringá evento realizado no fim de semana, financiado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura Prêmio Aniceto Matti.


“O encontro teve repercussão muito positiva, a comunidade adorou. Deu uma outra cara para o Colégio e seu entorno”, diz o organizador do evento, Marcelo Goto. Ele conta que muitas pessoas se aproximaram para ver o trabalho dos artistas. “Todo mundo gostou. Gente que passava de moto e de carro parava pra ver”.

Ex-aluno do Pioli, Henrique silva, 18, ficou sabendo do evento pela professora de Artes, Dulce Regina Koch Monteiro. Os artistas cederam uma parte do muro e emprestaram latas de tinta para o jovem mostrar seu talento. “Foi uma experiência ‘graffiticante’ ver a união que a arte proporciona”, descreveu o jovem que nunca havia pintado em parede e agora planeja se profissionalizar no grafite. Segundo a professora, o jovem é autodidata e sempre gostou de desenhar.

O gerente da Juventude, Adriano Bacura, elogiou a organização e avaliou os resultados do evento. “Estamos no caminho certo. Queremos unir a galera das artes urbanas para fazer novos projetos, levar a cultura para os bairros e nas escolas. O grafite salva vidas”, disse o gestor.
Share on Google Plus

About Julio Take

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário