Doutor Camargo - Dono de Jornal tem passado criminoso

 
Natanael Rodrigues dos Santos em conversa com José Barbosa,
na convenção aonde confirmou candidatura de Alcídio Delapria.
Empresa de turismo de Maringá do proprietário do JORNAL TRIBUNA METROPOLITANA, foi investigado por um suposto golpe.

 Natanael Rodrigues dos Santos, que anda por Doutor Camargo como se fosse uma pessoa do bem,no pleito desse ano, tentou ferir a democracia em Doutor Camargo, quando publicou uma pesquisa invertendo os dados colocando Alcídio Delapria na frente, quando na verdade, quem estava liderando era o Mineiro.

As urnas provaram que a tal pesquisa era fraudulenta, desmascarada pelo Blog do Take na época e que vai fazer um jantar em meados do mês de dezembro em Doutor Camargo, para homenagear dois ex-prefeitos que foram condenados pela justiça e um prefeito que esta com os bens bloqueados pelo judiciário.

Quem vai pagar a conta dessa farra com o dinheiro publico é o atual prefeito Sérgio Borges dos Reis, o dono do JORNAL TRIBUNA METROPOLINA não tem como bancar essa farra.

A verba que vai ser investida para afagar o ego de corrupto deveriam ser investido na saúde, que anda mal das pernas; na qualificação dos funcionários públicos para trazer mais qualidade no atendimento a população de Doutor Camargo; nas melhorias das ruas e avenidas ou até mesmo na atração a empresas para se instalarem em Doutor Camargo para geração de empregos e renda.

Outro fato curioso, o responsável pelo evento para homenagear corruptos que deveriam estar preso, Natanael Rodrigues dos Santos, há dois anos, se envolveu num escândalo de proporção nacional, usando uma agência de turismo para aplicar golpes e lesar pessoas de bem que acreditaram em pacotes turísticos oferecidos por ele.

De acordo com informações, a época, ele teria aplicado o golpe de um pacote marítimo e não honrado os compromissos, no dia do embarque, ele fechou a empresa e desapareceu, deixando os clientes nas mãos.

Os clientes que compraram os pacotes procurarão a agência e quando chegaram ao local tiveram uma surpresa, a agencia de turismo, que funcionava na Vila Vardelina, de propriedade da figura carimbada de Natanael Rodrigues dos Santos, estava fechada.  Foi registrado B.O., por cinco pessoas que foram lesadas.

Usando de artimanhas desonestas o empresário vendeu pacotes de uma empresa renomada no mercado e que  englobavam um tour por Buenos Aires, na Argentina, além de Montevidéu e Punta Del Este, no Uruguai.

Após receber parte das parcelas dos clientes, Natanael Rodrigues dos Santos desapareceu.

Ao ser localizado pela policia, no depoimento disse que, “não tinha completado o pacote e que não apareceu um numero considerável de pessoas”, mas em contato com a empresa que a época promoveu o cruzeiro, pessoas de outras partes do país foram atendidas normalmente, só Maringá, que não mandou interessado.

As vendas foram feitas com valores diferenciados, com clientes pagando, de forma parcelada, entre R$ 3 mil e R$ 5,7 mil pelo mesmo pacote.

A polícia confirmou que Natanael Rodrigues dos Santos tem antecedentes criminais por furto, estelionato e ameaça, nas comarcas de Curitiba, Sarandi e Arapongas, respectivamente.


Share on Google Plus

About Julio Take

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário