Manchineri retoma luta pela presidência da Funai

|O índio Sebastião Haji Manchinery, luta pela presidência da Funai.
O indígena Sebastião Haji Manchinery disse na semana passada, a forma de como seu nome foi indicado para a presidência da Fundação Nacional do Índio (Funai). Ele vem trabalhando para que sua luta seja para que um índio possa pela primeira vez na história, dirigir a Funai.
“No mês de junho, quando houve a mudança de governo, a presidência da Funai também ficou sem o presidente que era ligado ao governo de Dilma Roussef. Neste período estava sendo discutido com os líderes indígenas locais para termos um indígena como Coordenador Distrital de Saúde Indígena do Distrito Sanitário Especial Indígena Alto Rio Purus”, revelou.
Nesse meio tempo, ouve uma conversa com o deputado federal Flaviano Melo, onde ele apoiaria a indicação para a presidência da Funai e o movimento indígena aceitaria a nomeação de Sérgio Ricardo Oliveira para o Distrito de Saúde Indígena. 
Ao retornar a Brasilia o deputado federal Flaviano Mello, fez a indicação do nome de Sabá ao Ministro da Casa Civil, Gedel Vieira Lima, com o respaldo da deputada federal Jéssica Sales e dos senadores Petecão e Gladson Cameli.
“Aí ficamos na espera e eu fui para a Aldeia. Ao retornar descobri que a documentação estava parada e que a documentação sequer havia chegado à as mãos do ministro da Casa Civil. Ai teve inicio o movimento com as comunidades indígenas da Amazônia [Coiab] e de todo o país. Após uma reunião no fórum de presidentes dos Conselho Distrital de Saúde Indígena [Condise] foi ampliado o trabalho de indicação”, revelou Sebastião Haji Manchineri.
Saba Manchinery, no interior do estado acreano, atendendo a 
comunidade indígena.

Após a reunião com os povos indígenas e a ideia ter espalhado por todo o Brasil, a negociação com os parlamentares foi reiniciada e dessa vez, com o apoio dos deputados federais Alan Rick e Major Rocha, tendo este encaminhado um documento para a Casa Civil.
“Então foi nos revelados que na distribuição de cargos, o Partido Social Cristão tinha ficado com a presidência da Funai. Por esse motivo o movimento indígena se manifestou, a indicação de outra pessoa para presidência da Funai. As lideranças indígenas se dirigiram a Brasília e mostraram que a indicação do movimento era para mim, Sabá. O movimento fez com que o nome voltasse a crescer”, apontou.
O indígena comentou que há duas semanas houve a movimentação sobre a saúde indígena e as comunidades indígenas reforçaram o nome de Saba para o cargo de presidente da Funai.
“Hoje, por ser uma nomeação requerida pelos povos indígenas, já não é possível permitir que a escolha seja partidária, mas que parta da indicação das comunidades indígenas. Hoje estamos conscientes e queremos escolher quem vai ser o gestor do nosso destino”, comentou.
Sabá disse ser sabedor do momento financeiro vivido pelo país, mas  disse que a vontade das comunidades indígenas é de gerir o próprio futuro: “Hoje o governo ter um indígena cuidando da política indigenista depois de 500 anos seria um marco na política para o setor. Estamos no nosso objetivo para lutarmos pelos nosso futuro”.
Share on Google Plus

About Julio Take

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário